Secretaria de Saúde capacita técnicos para vacinação contra Febre Amarela

A Vigilância Epidemiológica vem realizando diversos procedimentos para cumprir com o novo calendário de vacinação em todo o município de Águas Lindas de Goiás

 

Cumprindo com as determinações do prefeito Hildo do Candango, a Secretaria Municipal de Saúde de Águas Lindas vem promovendo ações para imunizar a população contra diversas doenças, inclusive da Febre Amarela. Nesta sexta-feira (27), a Secretaria de Saúde – SMS promoveu um curso de capacitação para os técnicos das Unidades de Saúde e equipes que atuam na zona rural, para que estejam preparados nas ações de vacinação.

De acordo com informações da SMS, o município já iniciou o calendário de vacinação de 2017. Nos 18 postos de saúde estão disponíveis as doses para Febre Amarela, BCG e Tetra Viral. “Na zona rural as equipes fizeram a cobertura total. Todas as casas, mais de 500, foram visitadas e seus moradores imunizados”, destaca o secretário de saúde Eduardo Rangel.

Segundo o diretor de Vigilância em Saúde, Euder Vieira, os Agentes de Combate a Endemia (ACE) estão realizando incursões por todo o município para reforçar a prevenção e eliminar criadouros, como: caixas d’água, latas e pneus que contém água parada. Estes que são ambientes ideais para que o mosquito desove.

Além disso, a população deve tomar medidas de proteção individual. Uma delas é a vacinação contra a febre amarela, especialmente para aqueles que moram ou vão viajar para áreas com indícios da doença. Outras medidas preventivas são o uso de repelente de insetos, mosquiteiros e roupas que cubram todo o corpo.

 

SINTOMAS

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por certos tipos de mosquitos. Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso. A maioria dos infectados se recupera bem e adquire imunização permanente contra a febre amarela.

Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura

Fotos: ASCOM